Costumes e tradições Suíças. O que já me habituei. 7


Quando em um modo geral pensamos na Suíça o que nos vem a cabeça?

Chocolate? Alpes? Queijo? Relógio? Frio? ou Neve? Pois é, tudo isso realmente faz sentido. Mas a Suíça, não é só isso não, é um país cheio de costumes e tradições. Posso dizer que certos costumes são cruciais para a inserção na cultura do país, o que para muitos emigrantes se tornam desafios diários que precisam ser superados.

Então, resolvi compartilhar com vocês algumas das coisas que acabei me habituando do cotidiano Suíço. Já se passam 1 ano e 2 meses que vivo com minha família no país, acho que já dá realmente pra escrever sobre isso com segurança. Vamos lá?!

Costumes e tradições Suíças. O que já me habituei:

  • A cumprir horários.
    Olha, eu não sou do tipo de pessoa que chegava atrasada sempre em todos os eventos, etc. (as vezes acontecia, acontecia, rsrsrs), pois aqui tive e tenho que me policiar muito, pra tudo tem hora marcada.
    Uma festa de aniversário tem horário para iniciar e para terminar, já vem bem especificado no convite.
    O transporte público é extremamente pontual, se chegar um minuto atrasada no ponto do Bus ou na plataforma do trem já era meu amigo, perdeu! O jeito é aguardar pelo próximo.
    Se alguém te convida para qualquer coisa, cumpra o horário pois para eles é uma tremenda falta de respeito se você atrasar 5 minutos que seja.
  • Tirar os calçados antes de entrar em casa.
    Aqui o normal é deixar seu calçado na porta. Em algumas casas e apartamentos existem um mini armário no lado de fora ou já na entrada, nos que não tem ficam na porta mesmo. Super comum ficar de meias ou descalça em uma festa de aniversário, um jantar, almoços entre amigos. Já estamos bem habituados a isso aqui em casa, usamos meias, pantufas ou ficamos descalços mesmo.
    tirar os sapatos
  • Passar aspirador de pó.
    Desde que vim morar aqui não uso vassouras ou rodos e panos para limpar a casa. Os aspiradores de pó imperam e os mops completam perfeitamente a limpeza. A casa fica limpa em minutos, simplificando minha vida. Foi umas das primeiras coisas que me habituei.
    Casa ou apartamento na Suíça
  • Lavar a roupa uma vez na semana.
    Em apartamentos é bem comum as chamadas lavanderias comunitárias. Alguns tem mais de uma máquina de lavar e de secar, oferecendo aos moradores disponibilidades maiores durante a semana. Mas, no meu prédio existe apenas uma máquina para 6 famílias. Portanto cada família tem um dia para lavar a roupa e tive que me acostumar com isso. Confesso que nos primeiros meses me sentia controlada, odiava a idéia, me irritava a semana toda por causa dessa regra. Mas com o passar do tempo fui me acostumando. Tem também uma nova realidade nesse assunto, implantada á alguns meses atras (no meu condomínio). Sistema que cobra por lavada. É gente, o que pra mim já não era tão confortável, agora piorou de vez. O dono do prédio resolveu instalar um aparelho na lavanderia que cobra para lavar a roupa, recebemos um cartão e temos que carregá-los (dim dim pro bolso do patrão), cada programa da máquina tem seu preço, quanto mais demorado é o programa escolhido, mais caro a gente paga. Agora além de ter que enrolar pra lavar a roupa tenho que economizar também. Nada como lá no Brasil, máquina em casa, uma usada, uma lavada…… Enfim, hoje já estou adaptada com a situação, acostumada ainda não, mas, ……. a vida segue!
  • Jogar papel higiênico no vaso sanitário.
    Isso pra mim foi fácil. Quando morei na Itália já havia me habituado. Mesmo assim, a impressão que a gente tem é que já já vai entupir tudo, mas não. Os meninos estranharam um pouco nos primeiros dias, mas hoje em dia está de boa. Acho super higiênico e não fica aquele cheiro desagradável no banheiro. O duro vão ser nas férias no Brasil! 😀
  • Aprendi a gostar muito mais de Queijo.
    Eu gostava de queijo, as vezes no sanduíche, lasanhas, pizzas, etc, mas agora comer queijo puro 😮  acho que estou virando uma queijófila. 😀 Esse costume foi me pegando aos poucos, comprávamos queijos fatiados, os normais que encontramos lá no Brasil. Mas aqui a variedade é tanta que comecei a provar e acabei gostando tanto que o “amarelinho” anda tomando cada dia mais espaço no meu dia-a-dia. São saborosos demais, se fico uns dias sem já sinto falta.
    Queijo Suíço

    Queijo Holandês

    Não é Suíço, é Holandês. Mas esta entre os queridinhos e é saboroso também! 😉

  • Separar o lixo.
    Nossa, como isso é simples. Ahhh, se o mundo todo fizesse o mesmo.
    O sistema é todo organizado, todos os mercados e negócios oferecem os materiais que precisamos para fazer a reciclagem. Recebemos folhetos mensalmente informando os dias de coleta do papel, toda cidade possui um espaço com coletores de vidros, alumínios, óleo de cozinha e máquinas, roupas usadas, ferro, metal, restos de construção e por aí vai. Para o lixo orgânico também existe coleta semanalmente ou no nosso caso, cada casa ou condomínio da nossa cidade possui um coletor nos fundos do jardim. Tudo isso já opera no piloto automático. Todo lixo produzido tem seu local certo aqui em casa. Sem contar nas crianças que já aprenderam a separar tudo.
    reciclar o lixo
  • Contemplar o sol.
    Achava tudo isso tão estranho e meio sei lógica, sei lá… contemplar o sol??? Lá no Brasil eu corria do sol, não gostava do verão. Pois bem,  tive que rever meus conceitos e hoje, eis aqui uma pessoa que gosta um pouco mais do verão e esta aprendendo a apreciar o sol também. Éhh, aquela velha história de Europeu é verdadeira:  Eles realmente se programam o ano todo para viver intensamente o verão, deve ser também realidade de muitos outros países. O ano tem suas estações bem definidas e assim sendo, quando é inverno, é inverno mesmoooooo, temperaturas super baixas, chuva, semanas e semanas com dias nublados, muita neblina, o sol da o ar da graça raramente e isso significa no máximo algumas horinhas por dia. Sem contar nos dias curtos, amanhece lá pelas 8 horas e antes das 17 horas já está noite. Então, quando num dia de inverno ele aparece, é uma sensação deliciosa, de vida.

    Relaxar

    Minha mãe e eu, em um lindo dia de verão na Suíça.


  • Ficar em casa nos domingos.
    O comércio em geral é fechado aos domingos, com exceção de alguns postos de combustível e suas lojas de conveniências nas auto-estradas, nas estações de trem, só o básico funciona, alguns mercados e farmácias. Para os Suíços isso é qualidade de vida, o domingo é dia de relaxar, ficar em casa com a família, passear no parque, fazer caminhadas ou piqueniques. Já estamos bem acostumados com isso também, domingo aqui em casa é dia de filme, brincadeiras e descanso ou então quando o dia esta bom, fazer uma boa caminhada com os pequenos como na foto abaixo.
    Trilhas na Suíça
  • O Silêncio.
    Principalmente na época de frio, é tudo muito silencioso. No verão já se percebe bem a diferença, música “um pouco alta” na casa dos vizinhos, jovens pelas ruas, muitas risadas, churrascos em família nos jardins, mas mesmo assim o silêncio predomina. Raramente ouço um cachorro latir, olha acho que consigo contar nos dedos. Buzinas então, só se realmente acontece algo importante ou grave no trânsito, na cidade onde moro ouço mais o som dos pássaros (corvos principalmente) do que das pessoas, dos vizinhos, dos automóveis. Existe agito e barulho na Suíça sim, mas isso fica por conta das cidades maiores, onde a vida diurna e noturna são mais agitadas. Me habituei com o silêncio tranquilamente.

Acredito que esses são os principais costumes que me habituei ou fui forçada pelo sistema a me habituar. Quem mora aqui na Suíça me ajuda aí, será que esqueci de alguma coisa?? E para os leitores de outros países qual o costume ou tradição que te chama mais atenção?

Gostou do texto? compartilhe com seus amigos, é só clicar nos links abaixo.

Facebook,

Twitter,

Google +,

Instagram.

Blog da Suíça

Agradeço sua visita! Um beijo grande e até a próxima. 😉

Seu comentário aqui abaixo  Muito Obrigada! 😉


Sobre Kellyn Mazzucco

A Catarinense, Kellyn Mazzucco, mora atualmente na Suíça, já morou na Itália de 2008 a 2010. É Assistente Social, e pós graduada em Recursos Humanos, foi colunista social por 5 anos na sua cidade natal, Canoinhas-SC. Sua curiosidade, vontade de explorar e sua paixão por fotos agora dão vida ao Blog “Um lindo dia para Sorrir!”.


Gostou do artigo? Deixe um comentário!

7 pensamentos em “Costumes e tradições Suíças. O que já me habituei.

  • Brígida Costa

    Muito bem ! Gostei muito !
    É assim mesmo , pontualidade é uma prioridade bem significativa no cotidiano.
    Outros costumes são :
    *das pessoas não se meterem na vida dos outros
    * lealdade …. Principalmente no sentido de não querer tirar proveito às custas de ninguém
    * ir ao supermercado e vc mesmo escanear toda suas compras sem deixar de escanear nenhum
    *ver um pé de sapato de um bebê ou uma criança, ver um xale caído na rua , ou ver um casaco de frio caído pendurar em qualquer canto e deixar lá , de repente o dono pode passar por ali novamente e pegar
    * e um exemplo bem pessoal foi que minha filha perdeu duas vezes em anos diferentes um iPhone e sua Power câmera fotográfica
    Das duas vezes ela teve o iPhone e a câmera de volta , a Pessoa que achou entregou pra policia e a polícia entrou em contato com ela … É lógico que ela deu uma gratificação a pessoa que achou !

  • Kellyn Mazzucco Autor do post

    Sim, literalmente outra vida! São esses pequenos atos que nós fazem refletir ainda mais sobre nosso país, não é mesmo? São coisas simples, basta a conscientização da população. Beijos amiga

  • Juliana Pires

    Aaaah que saudade deu! Me lembrou dos meus primeiros dias nesse país encantador! Me identifiquei muuuito com esse artigo. Principalmente a parte dos queijos, do papel e da lavanderia. Me adaptei tanto que pra ‘desadaptar’ quando voltei pro Brasil demorou uns dois meses haha. Parabéns pelo post e sucesso sempre. Beijos!

  • Kellyn Mazzucco Autor do post

    Oi Juliana, obrigada pela contribuição. Realmente quando retornamos ao Brasil é outro choque, não é mesmo? já passei por isso também quando voltei da Itália em 2010. Demorei muito mais tempo que imaginava.. Obrigada pelo carinho muito sucesso a você … Continua com a gente no blog, tem muitas novidades chegando! 😉 Beijos

  • Lhuma Peixoto

    Sou apaixonada pela Suiça (nas fotos e nos artigos que leio), vou fazer a minha primeira viagem pra conhecer em Dezembro/2016, adoreeeei os artigos que vc publicou, me fez ter mais vontade ainda de viajar! 🙂