Mistura cultural 4


Sprechen Sie Deutsch

Há um mês eu e os gêmeos frequentamos um curso de Alemão na Suíça. Acredito que já dá pra contar um pouquinho da nossa experiência com as apresentações da língua germânica por aqui.

Bom, primeiramente porque aprender o Alemão?

No nosso caso é uma questão de sobrevivência mesmo, estamos morando na parte Alemã da Suíça. Apesar de já ter ouvido falar que muitas pessoas vivem anos na base do inglês em função de várias multinacionais estarem instaladas aqui, vai chegar uma hora em que o alemão vai te cercar. Seja na rua, no ponto de ônibus, na estação de trem, com a caixa do supermercado, na loja ou até mesmo na sua casa, quando algum prestador de serviço precise ir até você. Mesmo eu falando o Italiano que também é umas da línguas oficiais da Suíça eu não consigo me comunicar na minha região. Aqui é  Alemão (Deutsch) ou o dialeto Alemão-Suíço (Schweizer-Deutsch), não tem “chororo” não! 🙂 Esse dialeto Alemão-Suíço é que na verdade complica e bagunça todo o meio de campo. Pois na escola aprendemos o Alemão tradicional, chamado de HochDeutsch, já na rua só falam em Alemão-Suíço. 😮

Como estou no início do aprendizado ainda e entendo somente uma palavrinha isolada aqui e outra ali, se falam em Alemão ou Alemão-Suíço eu nem fico sabendo. Affeeee que horror! Mas é a minha realidade. Por enquanto! 😉

Socorro, Blog da Suíça

Na verdade desde que chegamos estávamos pesquisando um curso de Alemão pra mim, mas nenhum deles até então batia com os horários de folga do meu marido e como os meninos ainda não frequentam a escola estava difícil encontrar um. Até o dia que marquei uma entrevista com a Assistente Social que trabalha para a Caritas, uma instituição da Igreja Católica. E lá fui eu,  tirar minhas dúvidas e perguntar um pouco de tudo sobre como as coisas funcionavam por aqui.

Confesso que fiquei impressionada com esse atendimento, tirando o fato dela ser uma Brasileira, super simpática e gentil, me deu muitas dicas. A mais preciosa delas, pra mim ou pra nós, foi a de um curso de Alemão que era direcionado para Mamães e filhos. Nossa! Parece que deu uma enorme clareada depois que soube disso. Estava começando a ficar meio desanimada e sem estímulo para aprender esse idioma, pois com o marido trabalhando o dia todo e a noite envolvido com o futebol, não sobra nenhum dia livre só pra mim, ou seja, um curso ou qualquer outra atividade que eu quisesse fazer neste período estava fora de cogitação.

Cheguei em casa e fui direto pesquisar como funcionava e em que cidades eram oferecidos esses cursos. Em todas as cidades próximas da minha casa os cursos iniciavam somente lá em agosto, estávamos em abril ainda. Pesquisando aqui e alí encontrei uma turma que iniciaria no mesmo mês, mas a cidade era pouco distante. Seria uma super aventura duas vezes por semana com os meninos.

Existem várias escolas de Alemão próximas de nós, entre as mais procuradas estão: Migros Klubschule, Berlitz e Benedict School, com diversas opções de horários e preços bem salgadinhos também. Nenhuma delas oferece esse sistema do Muki-Deutsch, pra nós o ideal seria justamente esse, o preço não era tão alto assim e eu não dependeria de ninguém para ficar com os meninos. Aprenderíamos juntos, achei o máximo!

E o dia do curso chegou! Começava às 9 horas da manhã, eu já estava de pé às 6 horas, pra arrumar tudo e não nos atrasarmos. O ponto do nosso primeiro ônibus fica a 350 metros de casa, bem tranquilo, mas confesso que não sabia nem o lado da rua que deveria esperar ele pela primeira vez! hehehehe Perguntei “do meu jeito” para uma moça que também aguardava o Bus e já fiquei mais tranquila. Meia hora depois chegamos à Estação da cidade de Brugg, lá esperamos mais 15 minutos e pegamos outro Bus para a cidade de Würenlingen onde acontece o curso Muki Deutsch. Sempre chegamos muito cedo, pois os ônibus passam de hora em hora nessa rota, o jeito é andar a passos de tartaruga e improvisar algumas histórias no meio do caminho para entreter os meninos.

 Blog da Suíça, Estação

Mas deu tudo certo! O primeiro dia de curso foi bem legal, apesar de nos sentirmos perdidos e meio inseguros, é normal né?!

Já do segundo dia em diante a confiança foi tomando espaço e nas semanas seguintes já estávamos familiarizados com nossa rota, horários e números dos ônibus.

Nossa turma é bem bacana, nunca imaginei conhecer tantas pessoas de tantos países diferentes de uma só vez. Todos motivados pelo mesmo objetivo, com histórias diferentes e vidas repaginadas.

Muki Deutsch, Schweiz

Temos três professoras, uma fixa e outras duas que se revesam, todas são Suíças. Iniciamos a turma com 10 mamães e seus filhos, uma Brasileira e uma Americana já desistiram. Hoje estamos em 8 mamães, uma Chinesa, uma Búlgara, uma Canadense, duas do Kossovo, duas Italianas (obaaaa!!!!) e euzinha! 😀

Muki Deutsch, Schweiz

Somos divididas em duas turmas, a Chinesa, a Búlgara, a Canadense e uma do Kossovo estão mais adiantadas e estudam separadas. Eu fiquei na turma das duas Italianas e com a outra mamãe do Kossovo. (Já podem imaginar a minha felicidade em conhecer duas Italianas! 😀 😀 😀 )

Muki Deutsch, Schweiz

Sempre iniciamos as atividades todas juntas, com canções e brincadeiras para a interação das crianças. Depois desse acolhimento é mão na massa ou cérebro a todo vapor! Gramática, textos e por aí vai. Já as crianças recebem uma atividade e o restante do tempo é para brincadeiras e socialização.  

Muki Deutsch, Schweiz

Nosso intervalo é riquíssimo de cultura, é natural que pessoas que falem as mesmas línguas se aproximem. Fiz amizade com as Italianas e estou melhorando esse idioma também.

20150603_103649

Os meninos se afeiçoaram com a filhinha de uma das Italianas, ela é uma fofura. Eles dizem que os fazem lembrar da priminha que mora no Brasil, é lindo de ver os três brincando juntos, eles cuidam dela com tanto carinho. A mamãe italiana se rendeu ao carisma dos gêmeos.  Já estamos combinando um encontro familiar para qualquer dia desses. Eles também são novos na Suíça e como nós não conhecem quase ninguém por aqui.

Muki Deutsch, Schweiz

O curso termina geralmente as 11:20 hs e nosso bus é somente as 12:08hs, lá se vão mais momentos de improviso com os meninos, enfim chegamos em casa às 13:00 hs. É ou não é uma aventura? hehehehe

É apenas o início e estamos adorando, digo estamos, pois os meninos todos os dias perguntam se já está na hora de ir para o curso. 😀

Acredito que pra eles esses momentos que passamos fora de casa também seja um momento de liberdade, é assim que me sinto. Estamos fazendo amizades, aprendendo várias coisas novas, é uma independência boa, que há meses não tínhamos.

O curso vai até o fim de setembro, muita água pra rolar ainda! Quem sabe daqui a algum tempo eu já arrisque umas palavrinhas em Alemão aqui no Blog! 😀

Gostou do artigo? Então compartilhe com seus amigos:

Facebook ,

Twitter ,

Google + ,

Instagram.

Beijo grande e até a próxima!


Sobre Kellyn Mazzucco

A Catarinense, Kellyn Mazzucco, mora atualmente na Suíça, já morou na Itália de 2008 a 2010. É Assistente Social, e pós graduada em Recursos Humanos, foi colunista social por 5 anos na sua cidade natal, Canoinhas-SC. Sua curiosidade, vontade de explorar e sua paixão por fotos agora dão vida ao Blog “Um lindo dia para Sorrir!”.


Gostou do artigo? Deixe um comentário!

4 pensamentos em “Mistura cultural

  • FERNANDA MARILIA

    Olá querida! Novamente gostaria de agradecer pelas ótimas postagens e também irei morar no lado Alemão … Comecei estudar Alemao aqui no Brasil e pretendo continuar os outros níveis aí , meu medo é que só falo português. Vc sabe informar se os cursos sempre são ministrados em inglês ou será que eu acho algum em português… Grata! Beijos

  • Kellyn Mazzucco Autor do post

    Olá Fernanda. Obrigada! Os cursos que frequentei são somente em Alemão. Nas escolas tradicionais também é somente alemão. Mas já vi alguns anúncios nas redes sociais de cursos para Brasileiros e Portugueses ministrados em Português em Zurique, mas desconheço a qualidade e de que maneira o curso é administrado. Fica tranquila, você vai tirar de letra. Olha, opinião pessoal: É muito melhor cursos administrados em Alemão, aprendizado é rápido. Sucesso nessa nova fase. Abraços, Kellyn.